sábado, 15 de junho de 2013

Aécio Neves bateu em uma mulher e a grande mídia se calou em relação a essa violência e covardia.



Aécio Neves, o governador tucano de Minas Gerais, que luta para ter o jogo inaugural da Copa do Mundo de 2014, em Belo Horizonte, deu um empurrão e um tapa em sua acompanhante no domingo passado, numa festa da Calvin Klein, no Hotel Fasano, no Rio. 

Depois do incidente, segundo diversas testemunhas, cada um foi para um lado, diante do constrangimento geral. 

A imprensa brasileira não pode repetir com nenhum candidato a candidato a presidência da República a cortina de silêncio que cercou Fernando Collor, embora seus hábitos fossem conhecidos.  

Nota: Às 15h18, o blog recebeu nota da assessoria de imprensa do governo mineiro desmentindo a informação e a considerando caluniosa. O blog a mantém inalterada.






Opinião do blog. 

Bom, isso aconteceu dia 25/10/2009.

Por que nenhum jornalista foi até o Hotel Fasano para descobrir o que aconteceu?

Por que só um blog de esporte noticiou esse crime?

Quem é essa mulher que foi covardemente agredida e humilhada pelo senador e presidente do PSDB? 

Como o PSDB mineiro se articulou para calar gerentes do Hotel Fasano, a policia, o ministério público, a mulher agredida e a grande mídia?

Por que a revista Veja não noticiou nenhuma nota sobre esse crime do tucano Aécio Neves? 

Por que o Estado de Minas se calou?

Por que o Estado de São Paulo ou Folha de São Paulo não publicaram absolutamente nada?

Por que o jornal o Globo não mandou nenhum jornalista para descobrir o que aconteceu?  

Será que ele caiu fora das eleições presidenciais de 2010 com medo dessa noticia? 

Será que teremos novidades nas eleições de 2014 em relação a essa notícia?

Aécio Neves tem que explicar o que aconteceu no dia 25/10/2009, no Hotel Fasano no Rio de Janeiro. 
________________________________________________________________________

Outras fontes:







2 comentários:

José Castilho disse...

Quanta frescura por causa de um tapa. Então eu tbem já bati. Qual o probliena??

Anônimo disse...

É você que está merecendo uns, José Castilho.

Postar um comentário