quinta-feira, 30 de junho de 2011

Dropkick Murphys - a banda mais divertida do planeta.




Sempre quando assisto ao ótimo filme do mestre Martin Scorsese "Os Infiltrados" me chama a atenção a trilha do filme. E se tem uma coisa que o Scorsese valoriza demais, sem contar a sua paixão pela musica e a trilha sonora na sua obra.
Pois bem, a banda que tem destaque na trilha do filme é "Dropkick Murphys" (com a musica I'm Shipping Up To Boston).
Uma banda que já existe a algum tempo (desculpe se descobri só agora), desde 1996, foi formada em Quincy, Massachusetts. O som que eles tocam é o celtic punk, o nome da banda foi tirado de um centro de reabilitação de drogas e as canções da banda, muitas vezes lidam com o ambiente de trabalho da classe operaria, homenagem aos amigos e moradores da comunidade, a boemia e referências a cultura irlandesa.

Mas desde o nascimento da banda que surgiu no porão de uma barbearia de um amigo, existem várias versões sobre a origem da banda, nada é oficial.
Também o que já entrou e saiu de músicos na banda é uma coisa impressionante, mas o grupo só evoluiu com os novos integrantes, novos instrumentos, novas idéias, até participarem dos "Os Infiltrados" e "Os Simpsos".

Com vocês.... senhoras e senhores... Dropkick Murphys.


Álbuns de estúdio
§ Do or Die (1998)
§ Blackout (2003)

Álbuns ao vivo e colêtaneas
site oficial da banda
http://www.dropkickmurphys.com/


Belle.


Já faz uns anos que pretendia criar um blog, mas falar só sobre cinema, não me cativava, desistia assim que colocava a bunda na cadeira.
Lendo blogs de alguns jornalistas que comecei a acompanhar no final dos anos 80 e começo dos anos 90, em veículos como a Folha de São Paulo, Revista Set, Bravo, Trip, entre outras, foi me inspirando a começar a escrever.
E vivendo aqui em Fortaleza onde a vida cultural burguesa como a de São Paulo, praticamente não existe, aos poucos comecei a ficar com vontade de escrever.
Primeiro foi ideia da minha esposa Isabelle Grechi e logo depois a sua mãe (minha sogra Isinha) que dia 07/06/2011, pediu para que escrevesse um blog.
Num dos blogs que a Belle criou para mim e que deletei para poder criar esse, ela deixou essa mensagem logo abaixo.
Ontem convidei meu amigo Aílton a participar comigo, sem forçar a barra, somente pra ele escrever sobre tudo e sobre o nada. Uma imagem, um vídeo, uma ideia, uma pseudo filosofia, qualquer coisa para deixarmos registrados que estivemos aqui e que existimos.

Falei?

________________________________________________________________________________________________


ESTE BLOG é um presente da minha namorada, que me admira e faz questão que eu publique minha opinião sobre cinema, politica e futebol.
Janela de projeção é o melhor nome encontrado, para expressar o enquadramento dos meus pensamentos. Em proporção correta equadrada em relaçao a tela todas as minhas referências, muitas mil horas de sala pra comentar!.
Cabeça à fricção: cabeça de tripé com mecanismo de fricção regulável, usada para se obter movimentos suaves de câmera, no sentido vertical ou no sentido horizontal.
Já Luz parasita é a luz que nao deveria estar lá, aquela teimosa que nao está com refletor mais que muitas vezes é um recurso para transformar em mágico o plano normal.
Bem vindos! Obrigada meu amor!

Quem é Wil Wheaton?

Sou fã numero um da série "The Big Bang Theory", todos os atores são bacanas e relevantes, ninguém deixa a peteca cair. Mas confesso que no começo não gostava, mas fui aprendendo a curtir e a entender os personagens e principalmente qual era o seu público e o que eles queriam dizer.

Cada ator tem um característica unica, eles parecem iguais, mas são completamente diferentes. O apaixonado Leonard Hofstadter (Johnny Galecki), o genial Dr.Sheldon Cooper (Jim Parsons), a maravilhosa Penny (Kaley Cuoco), o estranho, porém engraçado Howard Wolowitz (Simon Helberg) e o indiano na série, mas inglês na vida real Rajesh Koothrappali (Kunal Nayyar) .

Sem contar os coadjuvantes que vão surgindo durante a temporada, mas vou citar somente um, pois vale pela curiosidade.

Eu não sabia, mas pesquisando na net, descobri que Wil Wheaton (ele usa o próprio nome na série) inimigo numero 1 do Sheldon, ator conhecido por participar da tele série Star Trek: The Next Generation como Wesley Crusher, também participou do filme “Conta Comigo (1986)” do diretor Rob Reiner

.Sheldon vs. Wil Wheaton

Stand by Me (titulo em inglês) teve indicação para o Oscar e o Globo de Ouro de 1987, sem contar o Oscar do cinema japonês de melhor filme estrangeiro. Hoje, uma obra prima dos filmes que retratam o mundo dos adolescentes, principalmente depois da morte do eterno River Phoenix. E para completar, o filme conta também com John Cusack e Kiefer Sutherland.

A série "The Big Bang Theory" foi criada por Chuck Lorre e Bill Prady que também são os produtores executivos. E o interessante da dupla é a preocupação em sempre colocar várias citações interessantes no texto dos atores, muita coisa que curto e gosto como HQs, filmes de ficção, ciência, manias, mulheres, o mundo dos nerds, enfim...

E as frases dos personagens são as melhores, mas claro que as sensacionais são do Dr.Sheldon Cooper. Vamos às frases?

"Leonard, você tem que fazer algo a respeito de Penny. Ela está interferindo no meu sono, e interferindo com o meu trabalho... E se eu tivesse outro aspecto significante na minha vida, tenho certeza que ela estaria interferindo com isso também”

"A essência do costume (de dar presentes de Natal) é que agora eu tenho que sair e adquirir um presente de valor equivalente que representa o mesmo nível de amizade representado pelo presente que você me deu. Não é de estranhar que as taxas de suicídio aumentam nessa época do ano."

“Ah, gravidade, tu és uma vadia sem coração”.

"Que computador você tem? E, por favor, não diga "um branco".

"Mamãe fuma no carro. Jesus aceita, mas nós não podemos contar para o papai."

“Você tem que checar suas mensagens, Leonard. Deixar uma mensagem é uma metade de uma formalidade, que é completada quando se ouve a mensagem. Se esse contrato é quebrado, então todos os contratos sociais são quebrados e nós chegaremos à anarquia”.

E pra terminar, vou colocar para os amigos do “Tire o Tubo” um comercial que a Kaley Cuoco fez quando ainda era uma pivetinha.

Falei?

Mais um filme "cool" de super herói.

Ontem assisti pela primeira vez o ótimo e surpreendente “Kick Ass – Quebrando Tudo”

Violentíssimo, com um roteiro maravilhoso, rápido, diálogos inteligentes, muito bem editado e com um bom casting.


Como vou muito ao cinema, resta pouco para alugar bons lançamentos em DVD e quando encontro um bom filme na locadora... É fantástico!

O filme “Kick Ass” não teve um bom publico nos EUA. E aqui em Fortaleza terminou não estreando, uma pena.

Veja o trailer.

Daddy's Gone.


Daddy's Gone é uma canção maravilhosa, das mesmas belas que já escutei na vida. Ela captura a gente e leva para lugares desconhecidos.
Musicalmente um som extremamente poderoso, um quase grito do James Allan. Lembra um pouco Jesus and Mary Chain, o que não deixa de ser um elogio.
A banda que toca essa canção é Glasvegas. Eu confesso que não entendo como um país tão minúsculo como a Escócia tem tanta banda legal. Desde que comecei a gostar de rock, sempre aparece uma banda escocesa surpreendente e que termino me apaixonando.
Enfim, essa banda escocesa nasceu em Glasgow em 2003. Ela é formada por James Allan (vocal e guitarra), Rab Allan (guitarra e backing vocal), Paul Donoghue (baixo e backing vocals) e Jonna Lofgren (bateria).
O site da banda muito caprichado http://www.glasvegas.net/ vale a visita.
Claro que quando escutei a musica lembrei-me do meu pai que faleceu em 1981 e agora que eu sou pai, essa musica teve um significado muito grande na minha vida.
“Tudo que eu queria era uma caminhada pelo parque pra você correr comigo até á casa quando estivesse escurecendo”. Daddy's Gone.
Acho que terei a chance de caminhar com a Luna.
Falei?


Contra a mídia careta.


O meu irmão e amigo Aílton Oliveira, perguntou se ele podia discordar da minha opinião em relação a trintona e linda Gwyneth Paltrow. Claro que pode e deve discordar.

Numa mesa de bar quando alguém fica concordando comigo parece que o sujeito não tem idéias. Na igreja que as pessoas concordam com tudo, por isso não ponho meus pés em nenhuma.

Aliás, o Marcelo Rubens Paiva rasgou elogios a Britney Spears na coluna de ontem (29/06/2011) e achei ótimo. Claro que muitos não entenderam o que ele quis dizer (e quando alguém não entende o que um blogueiro escreveu, quase sempre partem para a agressão e ódio acumulado). http://blogs.estadao.com.br/marcelo-rubens-paiva/, mas eu concordo com ele em algumas coisas. Eu não gosto da musica dela, acho sem graça, ou melhor, a letra é obvia demais e a sonoridade é a mesma em cada disco, não muda quase nada em cada trabalho.

Mas ela é minha “celebridade balzaca produto vadia” preferida. Também gosto do jeito que ela dança, acho sensual demais. Não me interessa o que ela pensa, "não quero acompanhar o andamento da sua carreira, suas dúvidas existenciais mais relevantes, suas opiniões sobre metafísica, existência de Deus, eutanásia, silicone", não quero acompanhar nada disso, mas seus escândalos são deliciosos e sempre chama a atenção da mídia careta e ultraconservadora. Primeiro ela era um exemplo e hoje é um lixo. Um dia o céu e no outro o inferno.

Por exemplo, a Amy Winehouse, não me interessa nada dela, se usa drogas, se está separada, se foi abusada na infância pelo seu pai. Não gosto da musica dela, não acho ela bonita e parece que meu computador cheira mal quando ela aparece na tela do computador.


A bela e competente Gwyneth Paltrow


Eu não acho Gwyneth Paltrow a melhor atriz do mundo, mas com certeza é uma das mais bonitas e simpáticas de Hollywood. Gosto de ver ela na telona, seu sorriso, sua cara triste, de bravinha, ela cantando ou chorando, não importa, sei que muita gente não curte, mas ela é quase perfeita.
Gostei dela no “Homem de Ferro I”, em alguns episódios do “GLEE” está ótima, na comédia “O amor é cego” dos irmãos Farrelly e Seven – Os sete crimes capitais ela não compromete.
Mas um filme que me marcou demais que ela trabalhou foi “Amantes” do diretor James Gray. Aliás, esse diretor faz pouquíssimos filmes e os quatro que ele dirigiu e escreveu são todos acima da média, um melhor do que o outro. Fuga para Odessa (1994), Caminho sem volta (1999), Os donos da noite (2007) e o ultimo Amantes (2008).
Ainda sobre a Paltrow, esse ano ela estará ao lado do Matt Damon, Marion Cotillard, Kate Winslet, Jude Law, John Hawkens e Laurence Fishburne no esperado “Contagio” do Steven Soderbergh. E no próximo ano “Os vingadores”, que já estão filmando e com certeza vai ser o filme mais aguardado de 2012.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Escute e se surpreenda com Florence + The Machine - You've Got the Love

video

Florence + The Machine


Florence And The Machine é daquele tipo de cantora e banda que escutamos e ficamos felizes quando a musica termina. Com tanta bobagem tomando conta das rádios e TVs, ainda bem que existe a internet para buscarmos o que realmente importa.

Florence Leontine Mary Welch, além de ser uma ótima cantora, também é compositora e percussionista. Tem apenas 24 anos, não é uma garota linda de morrer, mas tem uma beleza única e muito talento.

Ainda um pouco desconhecida no Brasil, mas que ganhou uma relevância depois de participar da trilha sonora de "Eclipse", terceiro filme da saga "Crepúsculo".
Senhoras e senhores, com vocês... Florence And The Machine.

Cassaco, o gambá que vive no Ceará.



Semana passada estava no quintal aguando as plantas, quando do nada apareceu um pequeno gambá (foto acima).
O gambá também chamado mucura (Amazônia), sarigué, sariguê, saruê ou sarigueia (Bahia), timbú ou cassaco (Pernambuco ao Ceará), micurê (Paraguai e Mato Grosso) ou opossum (EUA).

Alguns gambás são imunes ao veneno de serpentes, incluindo as jararacas,cascavéis e corais, podendo atacá-las pela cabeça e ingeri-las pela mesma. Segundo um estudo científico, a dose letal em um experimento com gambás foi de 660 mg de veneno, o que corresponde a uma dose 4.000 vezes superior a suportada por bovinos de 400 kg. Impressionante.

Às vezes, aparecem uns bichos estranhos aqui em casa como o siri, caranguejeiras, sagui, cururu, cobra e iguana. Como moro perto da maior reserva particular do mundo Reserva Ecológica Sapiranga, que é mantido pela Fundação Maria Nilva Alves é natural que apareçam esses animais.  








Banda inglesa.


Quando estou disposto, procuro novas bandas na internet e algumas vezes encontro algumas pedras preciosas. A dica de hoje vai para The Vaccines. É uma banda inglesa de indie rock formada em Londres em 2010, ou seja, pouco tempo de vida. O álbum de estréia da banda, What Did You Expect From The Vaccines?.

Falei?


video

Proibido transitar.


Fico impressionado com a falta de respeito no trânsito de alguns motoristas.

O cara sabe que vai fechar a via, mas mesmo assim não está nem aí. É revoltante.